Consulta Especializada em Hiperatividade com Défice de Atenção

A Perturbação de Hiperatividade com Défice de Atenção (PHDA) é uma perturbação neurodesenvolvimental caracterizada por um conjunto de alterações comportamentais: agitação motora, impulsividade e desatenção.

Esta perturbação subdivide-se em três subtipos:
(1) Tipo Predominantemente Hiperativo-Impulsivo,
(2) Tipo Predominantemente Desatento,
(3) Tipo Misto (Combinado).

Em termos etiológicos a PHDA está associada a um conjunto de alterações neuroquímicas e neurofuncionais das áreas do córtex que regulam e inibem o comportamento. A nível neuropsicológico as crianças com PHDA exibem dificuldades específicas no funcionamento executivo (inibição da resposta, velocidade de processamento, flexibilidade, entre outras), na memória de trabalho e nas funções da atenção (na atenção focalizada, sustentada e dividida).

Estima-se que aproximadamente 5% das crianças e 2,5% dos adultos apresentam critérios sintomatológicos compatíveis com PHDA. As crianças com esta perturbação demonstram frequentemente uma dificuldade em prestar atenção aos pormenores, cometem erros por descuido nas tarefas escolares, revelam dificuldades em manter a atenção nas atividades, distraem-se com facilidade perante simples estímulos, não seguem as instruções e não terminam as tarefas, são desorganizados, têm uma necessidade de estar sempre em movimento e/ou a mexer em algo, são bastante agitados e têm dificuldades em esperar pela sua vez, entre vários outros comportamentos disruptivos.

A PHDA encontra-se frequentemente associada a outras perturbações comórbidas, como são o caso da Perturbação de Oposição, Dislexia, Discalculia, Perturbação do Comportamento, Perturbação de Tiques, Perturbação da Ansiedade, entre outros.

Em termos terapêuticos a conjugação multimodal da terapêutica farmacológica, psicoterapia cognitivo-comportamental e psicossocial tende a produzir uma significativa diminuição dos comportamentos disruptivos.

No âmbito desta Consulta Especializada em Hiperatividade com Défice de Atenção é efetuada uma análise da frequência e intensidade dos comportamentos disruptivos manifestados, bem como uma avaliação do funcionamento neuropsicológico (funções executivas, memória de trabalho e atenção). Confirmado o diagnóstico de PHDA será ponderado um processo de intervenção terapêutico mais adequado em função do perfil obtido. Nesta consulta é ainda efetuada uma avaliação diferencial da Perturbação de Oposição e Perturbação do Comportamento.

Mais informações: hiperatividade.portalpsi.net

Áreas relacionadas
Tablet Adapted