Psicoterapia EMDR

EMDR - Eye Movement Desensitization and Reprocessing, significa Dessensibilização e Reprocessamento através do Movimento Ocular, surgiu na década de 90 com a Dra. Francine Shapiro, Psicóloga Americana.

Trata-se de um método psicoterapêutico que pretende aliviar o stresse psicológico. Neste, solicita-se ao paciente que recorde imagens angustiantes, associadas a um determinado evento que necessita de ser tratado e ultrapassado. O Tratamento baseia-se na estimulação bilateral do cérebro (hemisfério esquerdo e direito).

Durante o sono REM o indivíduo naturalmente reprocessa memórias perturbadoras e quotidianas e é nesta fase do sono, através do sonho, que são digeridas as experiências vivenciadas. Os pacientes traumatizados relatam dificuldades em iniciar o sono ou reportam despertares noturnos, na sequência de pesadelos. Estes seriam sonhos incompletos, cujo conteúdo traumático bloquearia o sistema de processamento do indivíduo.

Na psicoterapia com EMDR recorre-se à utilização e aplicação de um protocolo de 8 fases específico, que visa a focalização dos diversos componentes da memória traumática. A estimulação bilateral alternada (visual – à semelhança do sono, táctil ou auditiva de acordo com o que for mais confortável para o paciente) ativa o sistema nervoso parassimpático, auxiliando o indivíduo a dessensibilizar e integrar rapidamente a memória perturbadora.

Deste modo, é permitido ao paciente reinterpretar o problema (reprocessamento), e atribuir-lhe um diferente significado.

O EMDR apresenta várias aplicações clínicas, sendo atualmente considerado pela Organização Mundial da Saúde como um tratamento de primeira linha para os casos de Perturbação de Stress Pós-Traumático (PTSD), entenda-se: traumas resultantes de abusos sexuais ou violação, assaltos, violência, sequelas de guerra e de desastres naturais, entre outros.

Pode ainda ser aplicado na gestão da dor crónica, no luto e na depressão, nas fobias e perturbação de pânico, na dependência química e adições, na instalação de recursos positivos que o paciente necessite para lidar com uma determinada situação ou patologia, no desenvolvimento e aperfeiçoamento do desempenho, apresentando em diversos estudos excelentes e promissores resultados.

A terapia EMDR é considerada segura e causa uma maior consciência do pensamento.